Saiba por que Israel teme o reconhecimento de um Estado Palestino nas Nações Unidas.

21/09/2011 02:46

Em 20 de setembro de 2011,  Husam Zumlot, membro da delegação palestina nas Nações Unidas, em entrevista a rede de televisão Al Jazeera, explica por que os palestinos desejam ser reconhecidos como um Estado independente. Zumlot afirma que a visita do primeiro ministro de Israel, Benjamim Netanyahu - as Nações Nnidas hoje - não tem nenhum significado para a paz e não passa de simples propaganda política. Não apresenta nenhuma proposta substancial, nem está oferecendo nada. Para qualquer negociação com os palestinos é necessário que:

a) Sejam reconhecidas as fronteiras de 1967.

b) Cessem as construções dos assentamentos na Cisjordânia e Jerusalém Oriental.

c) Desistam de tentar impedir que os palestinos sejam reconhecidos como Estado nas Nações Unidas.

Só assim mostrará que Israel tem um governo sério e deseja encontrar soluções para o Oriente Médio. Se os palestinos forem reconhecidos como Estado pela O.N.U. terão automaticamente o direito de reinvindicar justiça no Tribunal de Haia contra os crimes cometidos por Israel a um Estado soberano, membro das Nações Unidas. Este é seu maior medo.

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons kholkute  © 2011 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!