Nova ameaça o acordo de paz

13/10/2010 15:02

 Benjamin Natanyahu, primeiro ministro de Israel, deseja resgatar o acordo de congelamento dos assentamento em Jerusalém Oriental em troca do reconhecimento de Israel como um Estado Judeu. Ele fez este anúncio três dias depois dos Palestinos e Árabes aguardarem durante um mês o pedido para que os Estados Unidos persuadissem Israel a prolongar a paralisação dos assentamentos por um acordo que terminou em 26 de setembro passado.

"Natanyahu precisa manter sua palavra e será o responsável pelo que acontecer na região. Após  aprovar o projeto de expansão dos assentamentos, contrariando o acordo que os mantinham paralisados até 26 de setembro de 2010." Disse Saeb Erekat, chefe da negociação de paz Palestina.

Yasser Abel Rabbo, representante oficial da Organização da Libertação da Palestina descreve os assentamentos como “uma agressão ao direito Palestino da terra”.

“Os problemas de Israel não nos diz respeito as duas questões não estão relacionadas.” Foi o que ele disse para televisão Al Jazeera em referência as condições impostas por Israel, para reconhecer Israel como Estado Judeu.

“O reconhecimento de um Estado Judeu não tem nada a ver com a questão dos assentamentos”. Da mesma forma disse Nabil Abu Rudainah, porta voz do Presidente Palestino Mahmoud Abbas. 

 

 

 

Fonte Al Jazeera

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons kholkute  © 2011 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!