Palestino é assassinado em Jerusalém Orientel

23/09/2010 13:22

 Um guarda particular israelense abriu fogo contra um palestino desarmado próximo a um assentamento judaico na cidade de Silwan, Jerusalém Oriental, onde vivem aproximadamente cinquenta mil palestinos e 6 mil judeus que descumprem as ordens das Nações Unidas e vivem ilegalmente naquela região. Samir Shara deixa mulher e quatro crianças. Após o assassinato houve uma grande manifestação dos palestinos que reagiram com paus e pedras ao super poderoso exército de Israel. Demitri Diliani do Conselho Revolucionário do FATAH, diz que isto é um processo calculado e coordenado que vem acontecendo há muito tempo para expulsar os palestinos daquela região e que agora atingiu seu ponto máximo com este assassinato.   

 

assista o vídeo em:

https://english.aljazeera.net/video/

 

Fonte Al Jazeera

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons kholkute  © 2011 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!